sexta-feira, 19 de julho de 2013

Espelho, Espelho!!!

Olho-me no espelho, lá encontro retratos do que fui, coisas que sou, endereços do que ainda posso vir a ser. Percebo que a vida me tem sido generosa, embora não tenha feito muito para merecer tantos privilégios, agradeço todos dias por ser quem sou e por ter o que tenho.
Às vezes nos sabotamos de uma forma tão injusta que parece que nem nos amamos, ou nem percebemos quem nos ama de fato! Porém, um dia aprendemos! Pelo menos é isso que quero crer! Que posso ainda vir a ser mais do que sou hoje. Confiar mais em mim.
Porém o espelho, sincero espelho, teima em me mostrar o que falta, falta muito, nada. Nada que um esforço e muita vontade maior não possa resolver. Não sou tão velha a ponto de achar que nada mais vai mudar, nem tão nova a ponto de pensar que eu nasci assim e vou morrer assim! Já aprendi que nos transformamos a cada dia naquilo que pensamos ser. Só cabe a mim pensar em ser sempre melhor que eu mesma!
Um dia vou acordar e olhar no espelho e me ver mais eu do que um dia já fui. E nesse dia já posso morrer? Que nada, nesse dia tudo começará outra vez! A busca incessante por aquela que quero vir a ser, sempre mais de mim para todos! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário